REANIMAÇÃO CARDIO-PULMONAR (RCP).

 

 

ESTAÇÃO PRÁTICA #4

Prof. Alberto Bicudo Salomão

 

 

 

 

 

 

OBJETIVOS:

 

  • RECONHECER OS SINAIS DE PCR

  • DESCREVER SEQUENCIA DE RCP SEGUNDO AS NOVAS DIRETRIZES DA AHA (2010)

 

MATERIAIS NECESSÁRIOS:

 

  • BOLSA-MÁSCARA-VÁLVULA COM SUPLEMENTAÇÃO DE OXIGÊNIO (AMBU + MÁSCARA)

  • MONITOR ELETROCARDIOGRÁFICO

  • CARRO DE REANIMAÇÃO

  • CARDIOVERSOR / DEA

 

 

CADEIA DA SOBREVIVÊNCIA - SEUS CINCO ELOS

 

1- Reconhecimento da PCR e acionamento do protocolo de emergência;

 

2- RCP precoce, enfatizando o novo protocolo;

 

3- Uso do DEA (DESFIBRILADOR) assim que disponivel;

 

4- Suporte Avançado de Vida (SAV)

 

5- Cuidados Pós-PCR.

 

O 5° passo salienta o atendimento intra-hospitalar, que sistematiza os cuidados pós PCR, otimizando a função hemodinâmica, neurológica e metabólica, aumentando a taxa de sobrevivência à alta hospitalar entre as vítimas que obtiveram retorno da circulação espontânea (RCE) após a PCR.

 

Objetivos dos cuidados Pós-PCR

  • Otimizar a função cardiopulmonar e a perfusão de órgãos vitais pós o RCE;

  • Remoção para estabelecimento de assistência à saúde apropriado;

  • Identificar e tratar a síndrome coronariana aguda;

  • Controlar a temperatura para otimizar a recuperação neurológica;

  • Prever, tratar e prevenir a falência múltipla de órgãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ETAPAS DA RCP

 

  • Caso a vítima não esteja respondendo, nem respirando ou apresente respiração anormal o socorrista deverá providenciar a instalação rápida do DESFIBRILADOR ou determinar que um dos componentes da equipe o faça.

 

  • É necessário verificar o pulso carotídeo em até 10 segundos, e caso esteja ausente, deve ser iniciado imediatamente a RCP (sequência C-A-B).

 

 

C - A - B

 

 

  • Após a 1ª série de compressões torácicas, a via aérea é aberta e o socorrista aplica duas ventilações, em um total de 5 ciclos de compressões-ventilações, verificando após a possível presença de pulso carotídeo.

 

  • Caso não esteja presente, reiniciar o processo.

 

  • O DEA ou DESFIBRILADOR deverá ser utilizado assim que houver ritmo chocável.

 

  • SEGUIR SEQUENCIA DE SAV

 

 

 

RESUMOS DOS PRINCIPAIS ELEMENTOS DO SUPORTE BÁSICO DE VIDA 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALGORITMO DO SUPORTE BÁSICO DE VIDA: SBV

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALGORITMO DO SUPORTE BÁSICO AVANÇADO DE VIDA: SAV

Para saber mais:

Assista aos vídeos "Suporte Básico de Vida American Heart Association AHA" e "Megacode American Heart Association AHA Suporte Avançado de Vida" na sessão Vídeos - Aulas do periop. Faça download também da apresentação de slides em PDF da aula "SUPORTE BÁSICO E SUPORTE AVANÇADO DE VIDA - SBV / SAV", na sessão Download de Aulas. Em Textos Médicos, baixe ainda para leitura as "Diretrizes da American Heart Association 2010 para RCP".

© copyright 2014 | Alberto Bicudo Salomao 

Todos os direitos reservados

SUBIR